Após denúncia de música alta e palavrões, Ludmilla está de casa nova

Os vizinhos de Ludmilla parecem desagradados com as festas e músicas altas na casa da cantora de funk. No último domingo, 12, Paula Mariano, vizinha da funkeira na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro demonstra insatisfação em vídeo publicado em seu perfil pessoal no facebook.

No vídeo a moradora denuncia o som alto desde as 14h da tarde e conta que a cantora só diminuiu volume depois das 22h. "Hoje as festas não vão além das dez da noite, mas e o nível de decibéis? A gente não consegue ler um livro, não consegue ver televisão. Chega a tremer as janelas da minha casa", diz no vídeo.

Quem não tem uma vizinha como a Ludmilla? A moradora ainda denuncia as músicas cheias de palavrões. "São funks proibidões com muito palavrão. Não tenho nem coragem de repetir as palavras. São músicas com uma conotação sexual muito forte: faz isso, faz aquilo. Eu tenho um filho de sete anos que me pergunta o que significa e eu não tenho como explicar", explica.

Mesmo chamando a polícia, a vizinha de Ludmilla afirma que a mesma aumenta o volume em seguida. "A patrulhinha vem, ela até diminui o som, mas depois aumenta de novo. A gente está evitando ir à delegacia porque não tem necessidade de a coisa tomar uma proporção dessas. Mas está muito difícil".




Coincidentemente após toda a repercussão da denúncia, a funkeira já postou uma foto em outra residência, dessa vez morando sozinha na Barra, Rio de Janeiro.

Na Ilha Governador, Ludmilla morava com mãe e irmã.

Ludmilla publicou em seu Snapchat foto com vista de sua nova casa de frente para o mar. A assessoria da cantora revelou ao site Extra que a mudança é devido aos compromissos de Ludmilla. “Os ensaios começaram a ficar muito intensos e para que ela pudesse descansar, resolveu se mudar para um apartamento na Barra para facilitar a logística”.
Tecnologia do Blogger.