Ads Top

Parece que vender Bebê na OLX virou "moda"


Tudo que é lastimável agora vira moda. Depois de rolar na internet um tempo atrás, novamente surge mais um caso de bebê à venda no site de classificados online. Aconteceu na madrugada da última segunda-feira, 13, um amapaense de 21 anos colocou sua filha de apenas 16 dias de vida à venda em anúncio do site OLX, por R$ 1 milhão.

O usuário upou o anúncio na categoria de "bebês e crianças". “Vendo essa princesa linda. Ela tem 16 dias. Super calminha. Tem um sorriso lindo e está muito bem-educada. Faz coco só na fralda e mama muito bem [sic]”, escreveu.

"Ela [mãe] estava muito abalada porque passou a receber várias ligações de pessoas ofendendo o casal. O caso vai ficar por aqui. Primeiro iremos fazer o estudo social para tomarmos uma medida", disse Érica Nunes, conselheira.

Em declaração ao Conselho Tutelar da Zona Norte de Macapá, o pai disse que se tratou d euma brincadeira, embora tenha confirmado a publicação, também alegou ter tentado apagar o anúncio sem êxito. "Foi realizada uma denúncia para nós. Liguei para o pai fingindo que estava interessada. Ele atendeu e começou a chorar. Nesse momento me identifiquei como conselheira e pedi para se apresentar na sede do conselho. O pai foi e levou a criança, dizendo que não passava de uma brincadeira e que estava muito arrependido. Ele tentou apagar, mas não conseguiu", contou Érica.

Após ocorrido, o site OLX se pronunciou em nota, lamentando o fato e afirmando que ao tomar conhecimento do anúncio, “fez a remoção imediata de sua plataforma”. O Conselho retirou a publicação do ar e investiga o caso.
Tecnologia do Blogger.