Ads Top

In Memory of David Bowie

O legado de David Bowie vai muito além do Rock, este incrível artista influenciou o Mundo da moda e também a cultura pop, não só por comportamento transgressor e suas ousadias mas também por sua autenticidade e experimentações visuais.  Foi de adepto do “mais é mais” ao minimalismo. E sempre causando impacto na sociedade e inspirando fãs e fashionistas.


David Bowie morreu na madrugada de domingo (10.01), onde lutava para combater um câncer, em Londres. Um dos mais renomados artistas do Rock, em 1972 Bowie se tornou ícone fashion  quando assumiu seu alter ego, Ziggy, um rock star vindo do espaço, que cantava sobre um futuro decadente em The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spider from Mars.



Seu estilo influenciou capas de Vogue pelo mundo e grandes estilistas, como Jean Paul Gaultier, Cantores como Lady gaga e diversos fãs que acompanhavam sua carreira.


 Engana-se quem pensa que a androginia é coisa de estilista super-ultra-inovador-e-hype. Bowie já fazia isso bem, mas bem antes em sua fase efervescência criativa mais acentuada, os turbulentos 70′s. Tudo começou já na capa de The Man Who Sold The World, na qual o cantor aparece majestosamente deitado em um divã, com vestido e botas.



Ziggy Stardust é a epítome da caricatura do rock star: promíscuo, egocêntrico, usuário de drogas e portador da paz. Acompanhado de Mick Ronson, Trevor Bolder e Mick Woodmansey, que constituíam as “Spiders from Mars”, David Bowie deu vida a verdadeiros espetáculos teatrais em seus concertos, tão impactantes e exaustivos que segundo o cantor converteu-se em uma necessidade íntima dissociar a persona de Ziggy de sua própria: em um curtíssimo período de tempo, o alter ego alcançou uma fama tão gigantesca que levou David Bowie a um vicioso ciclo de questionamentos.

Tecnologia do Blogger.