Resenha: O que achamos da nova música de Lana Del Rey? O novo hino dos drogados!


Faz tempo que não paro pra ouvir, assistir e principalmente escrever sobre Lana Del Rey, vista por muitos como uma cantora dos anos 50 na era moderna e por outros (que não entendem sua música) como um sonífero maligno. 

Creio que Lana e eu temos algo em comum, somos apreciadores de canções que precisam apenas de um microfone, enquanto pessoas bebem vinho e pensam na vida em preto e branco.

Dan Auerbach, guitarrista do The Black Keys, foi escolhido para trabalhar com ela em seu novo disco de estúdio chamado Ultraviolence (interessante não?), que será lançado neste ano, o primeiro single, West Coast, traz a deliciosa e viciante sonoridade que só ela sabe proporcionar, porém há uma diferença nesta, um som mais ousado e principalmente inovador.


"Lá na costa oeste
Eles têm um ditado
Se você não está bebendo
Você não está no jogo
Mas você tem a música, tem a música dentro de você
Não tem?"

Assim começa a sedução leve com vozes e gemidos e ao mesmo tempo violenta com uma mistura de batidas de blues e rock dos anos 70, passando por metamorfoses arrepiantes com um refrão estranho que vira uma droga, e das boas, viciante. 

Para os "drogados" da música, vamos nos embebedar ouvindo West Coast:
Tecnologia do Blogger.