Ads Top

Oi? Pastora afirma ter visto homossexuais no inferno milhares de vezes


Deus ama a todos igualmente? A bondade e misericórdia do senhor é algo infinito? Essas perguntas podem ser respondidas com um sim para muitos, porém ainda há aqueles que não acreditam ou fingem não crer, na perfeição do criador. O vídeo abaixo, mostra uma pastora que afirma ter visto homossexuais queimando um em frente para o outro no vale do inferno, isso mesmo, ela VIU com os próprios olhos. Como? Segundo o depoimento da "seguidora de cristo" ela tem oportunidade de diversas vezes visitar o inferno (oi?) para dizer aos membros de sua igreja o que viu no lugar. Senta e assiste:



Vocês ouviram bem o que essa mulher pregou em uma igreja? Isso é algo extremamente sério, a liberdade de expressão nesse país tem que ter sim um limite, são pessoas assim que incentivam o ódio e a discriminação na sociedade. Mas vamos tentar entender a mente dessa criatura, primeiro que ninguém, nem mesmo Jesus, foi levado ao inferno para ver isso ou aquilo pra depois usar como argumentos para criticar algo. Segundo que inferno é algo que como já falamos aqui, não acreditamos, quem quiser que acredite no Deus que deixa seus filhos queimando pro resto da vida, isso sem dúvida contradiz a misericórida infinita do mesmo, como é afirmada diversas vezes na própria Bíblia:

* Jeremias (31:34) : "Porque todos me conhecerão, desde o menor até o maior, perdoarei a maldade de todos e não me lembrarei mais dos seus pecados.";

* Ezequiel (33:11) : "Juro pela minha vida, diz o senhor, que não quero a morte do ímpio, mas que ele se converta e viva.";

* Joel (2:32) : "Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor, será salvo.";

* Mateus (18:24) : "Não é da vontade do vosso Pai que nenhum destes pequeninos se perca.";

* Lucas (15:7 e 10) : "Digo-vos que haverá mais alegria no céu pôr um pecador que se arrepende, do que pôr noventa e nove justos que não necessitavam de arrependimento.";

* 1o Timóteo (2:4) : "Deus quer que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade. O que Deus quer se cumpre. Sua vontade é soberana!";

* Tito (2:11): "Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo a salvação a todos os homens.";

* 2º Pedro (3:9) : "Ele (o Senhor) é longânimo para convosco, não querendo que nenhum se perca, mas que todos cheguem ao arrependimento."

Se Jeová é infinito em todas as suas perfeições, é também onipresente. Logo está no céu, contemplando a felicidade dos escolhidos, como no inferno, contemplando o sofrimento dos condenados. E como pode ficar insensível a esse sofrimento pôr toda a eternidade? Onde fica a infinita misericórdia?


Se um pecador pode se arrepender dos seus erros durante a vida terrena, pôr que não poderá faze-lo após a morte? Não existe nenhuma razão lógica para que não o possa. Então, pôr que Deus, que manda que perdoemos indefinidamente aos que nos ofendem, e que é tão compassivo para com os que ainda se encontram no plano físico, é tão inflexível com os que já deixaram a Terra? Será que a justiça humana tem mais valor do que a justiça divina? 

Terceiro que a "crente" cita o levítico 18 do antigo testamento. O que deixa claro que ela não só desconhece aquilo que leva debaixo dos braços como usa de forma fraudulenta. Ora querida, se devemos viver por debaixo do antigo testamento poderia explicar algumas questões? Levítico 11, 12 - diz que comer marisco é abominação. É uma abominação maior ou menor do que a homossexualidade? A maioria das pessoas que conheço corta o cabelo, apesar de que isso é extremamente proibido (Levítico 19, 27). Estaremos todos condenados?


Não satisfeita com sua pregação de "amor" a pastora cita Romanos 1 - 23,32 - Já ouviram a expressão: “texto sem contexto é pretexto”. A mensagem bíblica é atemporal, poderosa e eterna; porém sua narrativa necessita naturalmente de uma contextualização apropriada. Nesta passagem da carta do Apóstolo Paulo aos cristãos de Roma devemos tirar dúvidas como: qual tipo de sexo era praticado naquela cultura? A qual tipo de relação sexual estava o apóstolo se referindo? 

No verso 21, encontramos: “não o honraram como Deus” e logo em seguida dos versos 23-25 percebemos que o texto se refere ao pecado da idolatria. Já nos versos 26-27, vemos o abandono do seu desejo natural, do seu prazer natural a uma vida de prática sexual desumanizada. Explicitamente o texto trata da relação sexual que não é advinda de amor, afeto, carinho, mas “contra a natureza”.

Pergunte a um homossexual o que lhe é natural na questão sexual. É amar a uma pessoa do mesmo sexo? Se um ser naturalmente homossexual for obrigado a ter relações com uma pessoa do sexo oposto, acontecerá na realidade é uma agressão de ordem mental e física, já que isto se choca frontalmente com a natureza daquela pessoa.

Caso queiram estudar profundamente o contexto da carta de Roma, uma simples pesquisa sobre a sociedade romana na época mostra o desprezo pela questão da identidade sexual, idolatria entre outras coisas. Duas coisas podemos ter consciência do povo que Paulo testemunhou e na qual de uma certa forma viveu, a despeito de sua formação judaica: a misoginia e o abuso.

Finalizando, a mulher ainda fala que até pessoas que apoiam a homossexualidade estão pecando, isso é ou não é um incetivo a discriminação? O mais absurdo de toda a história é ver que há pessoas que realmente acreditam em tudo o que é falado gritando "aleluia", chega a ser engraçado e até digno de pena ver mentes tão fracas. O que resta é ter fé que templos hipócritas sejam derrubados a cada dia e que uma nova era comece, já que a nova aliança de Cristo ainda não entrou na cabeça da maioria dessas pessoas. 

“Pois, com efeito, o mandamento anterior é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade (pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou), e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual nos aproximamos de Deus.” (Hebreus 7,18-19).

E você acredita em Inferno? Homossexuais estão condenados? Opine.
Tecnologia do Blogger.