Que tal ser expert em sexo oral? Fique feliz, acaba de chegar no Brasil um curso técnico especializado, topa?


Procurava uma forma de como saber satisfazer o seu parceiro, caprichando? A boa notícia é que trouxeram da Rússia (pela sexóloga Katherine Lyubimov) exatamente à Salvador, uma espécie de Ensino Técnico em Sexo Oral, promovido pelo site Mundo da Intimidade (da jornalista, escritora e pesquisadora na área de educação sexual, Aline Castelo Branco), a nova modalidade tá causando nas redes sociais e tem muita gente adorando enquanto outros pasmem.

Por tempo indeterminado o curso será restrito apenas às mulheres, realizado nos dias 2 e 3 de Novembro, das 8h às 18h, com intervalo para o almoço. E a garganta? Tudo certinho e com direito a apostila, certificado e uma prótese peniana para praticar as técnicas. Sim, profissionais qualificados como sexóloga, infectologista, urologista, terapeuta sexual e fonoaudióloga ministrarão as aulas práticas e teóricas.


Dentre algumas dúvidas como "onde ele sente mais prazer?" e "como se prevenir de doenças?", assuntos serão abordados para maior esclarecimento, como zonas erógenas masculinas, quando e como iniciar o sexo oral, técnicas de acariciamento, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. A ideia elaborada pela jornalista Aline Castelo Branco, serve para quebrar os tabus que limitam a liberdade da mulher na relação à dois.

"O principal objetivo é a orientação sexual, para que a mulher entenda o corpo do homem e não só pra fazer [sexo] por fazer, para dar prazer somente ao cara", ressaltou Aline, que recebeu pedidos para a realização de um curso voltado para o público homossexual. 
Segundo informações do NE10, inicialmente seriam oferecidas 30 vagas, mas, segundo a organizadora, diante da procura pelas aulas em menos de três dias de divulgação, ela decidiu que o valor, o local do evento e o número exato de vagas serão anunciados oficialmente a partir da próxima segunda-feira (23).

"Não imaginei que ia ter repercussão toda. Pensei que seria só aqui em Salvador mesmo", comentou a jornalista, que recebeu mais de 300 pedidos de participação de por e-mail, desde maridos interessados em inscrever as esposas como de pessoas fora do País. Segundo Aline, o site atingiu um pico de mais de 300 mil acessos em apenas um dia depois que o curso foi anunciado.
Imaginem só você se tornando em uma verdadeira "deusa do sexo" ? Pois é, será possível, confira estes e outros detalhes aqui. Não está em Salvador? Tenta fazer uma petição para levar o projeto à sua cidade, vai que cola?
Tecnologia do Blogger.