Site Links

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

, , , , , , , , , , , ,

Relembrando os momentos mais impactantes do VMA 2013 em vídeos e gifs históricos


O assunto do momento ainda é sobre o Video Music Awards realizado ontem, domingo (25), no Broklyn Center, Nova Yorque, pela MTV. Diferente das anteriores, a premiação parecia mais divertida, sem piadas sem graça dos apresentadores, decidindo focar às apresentações que muitos adoraram.

O Portal Absurdo, dessa vez, em sua categoria "Será que Gostei?" comentando em foco e com atraso, apenas o que mais impactou, causou no VMA 2013. "Apenax polêmicas!"


A cantora Lady Gaga abriu o VMA 2013 com seu nada polêmico single "Applause", deixando todo mundo apreensivo, devido essa câmera mostrando apenas seu rosto, enquanto cantava trecho de seu "próximo single" "Aura", por alguns segundos que pareciam nunca acabar. Até que...


Além de estar gostosa, Gaga arrebentou com sua apresentação artística, ausente de "fantasias e cosplays" de costume. O natural é lindo, né? 

Sem dúvida, eis-o momento mais impactante do Video Music Awards deste ano; a apresentação que depois dessa, nenhum fã da Cyrus poderá atirar pedras em nenhuma cantora de Funk; Miley pode ter conseguido desprender-se da imagem virginal de Hanna Montana ao fazer o "Quadradinho de Borboleta?

Veja apresentação vulgar sem ser sexy da ex-Disney, por conseguinte participação da sensação do momento, Robin Thickie, 2 Chainz e Kendrick Lamar com os conhecidos sucessos  "We Can't Stop", "Blurred Lines" e "Give It 2 U"...


A Redação Absurdo através de fonte anônima obteve confirmação de quem a Miley se inspirou tanto ao mostrar tanto sua língua tão-mas-tão desejada que nos fez redundar o post...

Enquanto isso a platéia pirava e berrava o nome de Miley com muita animação...

Tentando pular essa parte do evento que daria várias matérias, relembre a enfartadora apresentação do Justin Timberlake em troca de palcos, coreografias, cantando trechos de grandes hits como "Cry Me A River" e "SexyBack, entre os atuais  "Take Back The Night", "Suit & Tie" e "Mirrors" e por fim sua merecida e recebida homenagem de "Prêmio Michael Jackson de Vanguarda", que no ano passado foi a vez da Britney Spears, recebendo a primeira homenagem da história do prêmio "Vanguarda".



Apenas de roupa, microfone, talento e muita coreografia milhões gritaram pelo JT. Provando que não precisou de mais nada além de "apenas" isso para marcar história.

Antes da Katy Perry se apresentar, encerrando uma das maiores premiações da indústria fonográfica, Lady Gaga se retirou da platéia e essa "atitude" gerou diversos comentários na mídia mundial.

A cantora que interpretou uma vencedora em ringue caríssimo, também deixou a desejar. Por não ter conseguido autorização, da prefeitura, para atuar em cima da ponte do Broklyn; não pulando da ponte e nem causando como todos esperavam, o que resultou em apresentação "improvisada". Porém muito boa, viu?


As apresentações foram boas e vou reprisar mais uma vez, mas prefiro esquecer certos vencedores:

Melhor clipe do ano: Justin Timberlake - Mirrors
Melhor clipe hip-hop: Macklemore & Ryan Lewis feat. Ray Dalton - Can't Hold Us
Melhor clipe masculino: Bruno Mars - Locked Out of Heaven
Melhor clipe feminino: Taylor Swift - I Knew You Were Trouble
Melhor clipe pop: Selena Gomez - Come and Get It
Artista para prestar atenção: Austin Mahone - What About Love
Melhor colaboração: P!nk feat. Nate Ruess / Just Give Me A Reason
Melhor clipe com uma mensagem social: Macklemore & Ryan Lewis - Same Love
Melhor clipe rock: 30 Seconds To Mars - Up In The Air
Melhor direção de arte: Janelle Monae feat. Erykah Badu - Q.U.E.E.N
Melhor coreografia: Bruno Mars - Treasure
Som do Verão: One Direction - Best Song Ever
Melhor fotografia: Macklemore & Ryan Lewis feat. Ray Dalton - Can't Hold Us
Melhor direção: Justin Timberlake feat. JAY Z - Suit & Tie
Melhor edição: Justin Timberlake - Mirrors
Melhores efeitos especiais: Capital Cities - Safe and Sound
Prêmio Michael Jackson de Vanguarda: Justin Timberlake

Top Ad 728x90