Por uma vida mais justa


Foto:Divulgação

Olá a todos, me chamo Bucelina Flácida Paris, e decidir na minha estréia como colunista do site falar de um fato que ocorreu comigo e também lançar minha indignação contra a banda Rebelde, versão brasileira é claro. Um dia desses estava como sempre linda e perfumada dando uma voltinha pelo shopping com minhas empregadas, Rayanny e Chirlleyde (num sei por que nome de pobre tem sempre Y ou dois L’s), elas estavam é claro segurando minhas comprinhas básicas. Após algumas horas decidir comprar umas revistas em uma banca, quando coloquei meus saltos Prada e retirei meus óculos Carrera, acabei me decepcionando, pois só tinha revistas com o Rebelde versão Brasil na capa, eu fiquei muito magoada.

Minha emprega, a menos feinha, gritou o nome de um dos garotos da banda dizendo que ele é lindo e pediu para euzinha comprar, como eu estava de bom humor, e ia atender um cafuçu magia naquele mesmo dia, resolvi comprar para a coitada. Mas antes disso, perguntei ao vendedor se tinha algo sem esse vodu patético como capa, porque vamos ser francos, ninguém merece, a música deles só serve pra fazer broxar e atrapalhar siririca. O vendedor, forte, barbudo, um metro e noventa, corpo bronzeado, uiiiii, me olhou com uma cara estranha e disse que não tinha entendido o meu pedido, então eu repetir novamente e ainda fiz linguagens de sinais, “tem algo sem esse vodu patético como capa?” e ele logo respondeu, “senhora aqui não vende coisas sobre macumba”. Nisso a quenga da Rayanny gritou “ela ta falando da banda rebelde moço”, ele é claro entendeu e logo me deu a nova edição da Vogue, porque além de ser mulher, rica e gostosa, eu sou elegante até a alma.

Depois de passar por esse constrangimento, que é ver os grandes artistas atrás de garotinhos e garotinhas com cara de pastel, lanço aqui a campanha #Rebeldemerdasãoamesmacoisa porque se não tem talento para cantar, dançar, e nem ao menos atuar, pra que existe? Um beijo a até mais, e sim contra minha vontade estou no facebook, Bucelina Flácida, é só pesquisar, e não aceito pessoas com o rosto desfavorecido de beleza.
Tecnologia do Blogger.