Acasos do coração



Acasos do coração.

Seguido nos trilhos do tempo;
Já cansada de tentar contra o destino;
Sem esperanças, apenas seguindo adiante, um dia de cada vez.

Lagrimas caíram dos meus olhos deixando para traz um belo jardim
com a ilusão de momentos felizes nesta vida vividos.
Acaso? Não sei ao certo; destino?  Não se sabe;
Cometemos erros que nos proporcionaram chegar até aqui.
Dúvidas causadas pelo medo;
Palavras apontando o erro, uma magoa.
Em noite regida por Dionísio;
Um copo, um jogo, uma aposta ao amanhecer.
Em um beijo!
Olhares, e um sorriso,
Sentir o coração bater mais forte;
As horas se passam regada de pensamentos, e uma simples e única
conclusão.
Nada mais importa, um pedido de sinceridade incondicional.
Uma chance de viver uma nova história.
Paixão cravada no peito a ferro e fogo,
 Beijos doces que me aprisionaram,
e sem explicação, estou a te amar intensamente.



Renata Gomes
30/03/2012.